Análise de uma proposta de atividade para o ensino médio sob a ótica dos aspectos emocionais no processo de ensino e aprendizagem

Maria Elenice Schroeder de Sena, Diana Francisca Adamatti, Catia Maria Machado

Resumo


Neste trabalho, apresenta-se uma proposta de atividade para a inserção da Teoria dos Grafos no Ensino Médio através de uma ferramenta computacional de aprendizagem. No Ensino de Matemática, a utilização de recursos, sobretudo digitais, como os softwares e os objetos de aprendizagem, representa a possibilidade de aprender Matemática de forma reflexiva, construtiva e autônoma. Oportunizar ao estudante do Ensino Médio a possibilidade de desenvolver habilidades importantes, tais como explorar, analisar, e modelar problemas do cotidiano, através da Teoria dos Grafos, pode proporcionar ao estudante a aptidão necessária para participar efetivamente deste mundo moderno onde é cada vez mais valorizado o conhecimento tecnológico. Diante disso os jovens estariam mais preparados e seguros para lidar com as situações do mundo, estariam tendo sua autoestima aprimorada na escola, além de desenvolver os aspectos cognitivos estariam desenvolvendo seus aspectos emocionais em relação a si mesmos o que os torna cada vez mais capazes de reagir e lidar com situações reais apresentadas diariamente. Formar cidadãos com consciência de si e de seu papel no mundo, promover mudanças, auxiliar na tomada de decisão, refletir e questionar contribui de forma positiva para um ensino de melhor qualidade.


Palavras-chave


Ensino Médio; Matemática; Teoria dos Grafos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2017.049908

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Maria Elenice Schroeder de Sena, Diana Francisca Adamatti, Catia Maria Machado

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.