Um Estudo de Caso sobre Reflexologia e a Visão

Juliana Gonçalves Sequeira, Diana Francisca Adamatti

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar a relação entre os lobos cerebrais com estímulos em regiões da mão com base nos conceitos de reflexologia, visto que a comprovação deste método natural não possui comprovação pela comunidade científica. Reflexologia é um método de tratamento que utiliza a massagem em áreas dos pés e das mãos como forma de tratamento. Com o intuito de averiguar esta relação planeja-se a realização de testes em diferentes regiões de diferentes pessoas na mão esquerda, inicialmente, analisa-se uma região específica. O primeiro teste feito foi realizado com foco na área referente à visão, visto que o lobo occipital se refere a este sentido e a mão possui uma região destinada aos olhos, parte inferior do dedo médio. A coleta de sinais cerebrais neste primeiro teste foi realizada com equipamento de eletroencefalograma (EEC) durante o estímulo na região em estudo. Para embasar os resultados obtidos, utiliza-se dos conceitos da neurociência, área que estuda o sistema nervoso com foco no cérebro de forma interdisciplinar, e reflexologia. Os resultados iniciais mostram a comprovação da relação entre as regiões, estimulada e de análise.

Palavras-chave


Reflexologia. Sinais cerebrais. Neurociência.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14808/sci.plena.2019.049904

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Juliana Gonçalves Sequeira, Diana Francisca Adamatti
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.