A questão da centralidade urbana em Itabaiana/SE: uma abordagem preliminar

D. M. de Carvalho, J. E. da Costa

Resumo


O presente estudo analisa as funções centrais da Cidade de Itabaiana/SE, através da demanda e do alcance determinados pela oferta e distribuição de bens e serviços no interior do estado de Sergipe. Para tanto, utilizou-se a Teoria das Localidades Centrais, buscando analisar o alcance espacial máximo e mínimo, estabelecido pelas funções urbanas administrativas, comerciais e na oferta dos serviços. Tais aspectos foram observados inicialmente a partir da constituição política do município (final do século XIX), uma vez que, a cidade surgiria como  “celeiro agrícola” e ao mesmo tempo, da expansão das atividades urbanas. Assim, procurou-se demonstrar a solidez de Itabaiana como uma  centralidade na oferta diversificada de mercadorias e de serviços, inclusive como pólo regional, materializada na multiplicidade de estabelecimentos comerciais e de serviços, bem como na sua feira realizada nas quartas e sábados.

Palavras-chave


economia, espaço, localidades centrais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.