Estudo comparativo entre os detectores HPGe e NaI(Tl) na determinação de 238 U, 232 Th e 40 K em amostras de solo

J. A. S. Júnior, R. S. Amaral, C. M. Silva, R. S. C. Menezes, J. D. Bezerra

Resumo


Atualmente é de fundamental interesse a certificação de métodos analíticos em busca de maior grau de precisão e exatidão nas análises dos dados. O desenvolvimento da tecnologia de novos detectores tem proporcionado a otimização no processo analítico, fornecendo parâmetros cada vez mais confiáveis para a prática da instrumentação nuclear. A disponibilidade e utilização de técnicas de análises não destrutivas têm sido difundidas mundialmente, como é o caso da espectrometria gama, por ser um método bastante eficiente na determinação de radionuclídeos naturais. Neste contexto, a instrumentação mais utilizada tem sido os detectores NaI(Tl) e principalmente os HPGe, este último, devido à sua alta resolução. A análise de 238U, 232Th e 40K em amostras ambientais proporcionaram obter parâmetros necessários para qualificação e quantificação de radionuclídeos naturais. A alta resolução do HPGe associada à alta eficiência do NaI(Tl) e o uso de parâmetros estatísticos, permitiram estabelecer critérios de maior confiabilidade nos procedimentos analíticos. 

Palavras-chave


Radioquímica, técnicas analíticas, radioecologia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.