Algumas considerações acerca da formação e atuação dos principais pintores sergipanos no século XIX

Danielle V. S. Guimarães

Resumo



O presente artigo apresenta as algumas considerações acerca do processo de formação e da atuação de três dos principais pintores sergipanos do século XIX. São eles: Horácio Hora (1853-1890), Oséas dos Santos (1865-1949) e Cândido Aragonez de Faria (1849-1911). Objetiva-se através deste, dar início ao estudo da trajetória educacional de artistas do século XIX que além do exercício das artes lecionaram disciplinas dessa modalidade em ateliês, academias e demais instituições escolares, bem como, impulsionar a construção do campo da história do ensino das artes em Sergipe.

Palavras-chave


arte , educação, Século XI

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.