Avaliação microscópica e físico-química de café torrado e moído comercializado em Sete Lagoas-MG

Jucimara Costa Silva, Natália Aparecida Barbosa Silva, Sabrina Luiza dos Reis Silva, Luana Souza Silva, Mateus Silva Junqueira, Felipe Machado Tronbete

Resumo


Essa pesquisa teve como objetivo avaliar a qualidade microscópica e físico-química de amostras de café torrado e moído comercializadas em Sete Lagoas - MG. Foram adquiridas 10 amostras, sendo 5 embaladas e 5 vendidas a granel. Foram realizadas pesquisa de matérias estranhas por observação direta, sujidades pesadas, teor de umidade, teor de cinzas, pH e acidez total titulável. Através da análise microscópica foi possível observar que 80% das amostras apresentaram algum tipo de matéria estranha, sendo encontrado principalmente fragmentos de insetos, fragmentos de tecido, grãos de areia e pelo, porém, nenhuma amostra apresentou-se fora dos limites estabelecidos pela legislação brasileira. Ao comparar as médias dos resultados das análises físico-químicas obtidas das amostras embaladas industrialmente com as amostras vendidas a granel, verificou-se que houve diferença significativa (p<0,05) entre as amostras, sendo a umidade maior no café comercializado a granel e a acidez titulável maior nas amostras embaladas. Cinco amostras apresentaram umidade acima do permitido para comercialização. O teor de cinzas variou de 4,68 a 7,54%, sendo que, as amostras que apresentaram fragmentos de areia possuíram valores maiores de cinzas (p<0,05). Sete amostras possuíram teor de cinzas acima do recomendado (maior que 5%), indicando falha nas boas práticas do produto. Os resultados permitiram concluir que a análise microscópica pode ser utilizada como uma ferramenta para evidenciar falhas na produção e distribuição do café torrado e moído. Os dados apresentados servem como alerta às indústrias e comerciantes, já que houveram resultados fora dos padrões estabelecidos pela legislação, podendo causar prejuízos aos consumidores.


Palavras-chave


Matérias estranhas; avaliação da qualidade; sujidades pesadas

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Jucimara Costa Silva, Natália Aparecida Barbosa Silva, Sabrina Luiza dos Reis Silva, Luana Souza Silva, Mateus Silva Junqueira, Felipe Machado Tronbete

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.