Dessecação e viabilidade de sementes de gravioleira

Geórgia Roberta Gomes Figueiredo, Carlos Eduardo Pereira, Célio Kersul Sacramento

Resumo


Objetivou-se avaliar a tolerância à dessecação e a viabilidade de sementes de gravioleira em diferentes substratos. Inicialmente determinou-se o teor de água das sementes e, em seguida, foram submetidas à secagem até atingirem o teor de água de 31%, 25,1%, 19,3%, 15,5%, 9,5% e 7%. Como substratos foram utilizados areia e substrato comercial. As sementes foram analisadas por meio da emergência, índice de velocidade de emergência e do comprimento e massa de matéria seca de plântulas. As sementes de graviola são tolerantes à desidratação até pelo menos 7% de teor de água. O melhor substrato para germinação foi o comercial para todas as variáveis avaliadas.


Palavras-chave


Annona muricata L.; graviola; secagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2019.060202

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Geórgia Roberta Gomes Figueiredo, Carlos Eduardo Pereira, Célio Kersul Sacramento

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.