Isolamento e seleção de microrganismos produtores de lipase e otimização da produção enzimática

João Víctor Maia Leite Garrido, Diego Fonseca Bispo, Cristina Ferraz Silva

Resumo


Lipases são enzimas de grande interesse comercial, pois são versáteis e atuam em vários ramos da indústria química, destacando as indústrias têxtil, alimentícia e de detergentes. As lipases também representam uma forma de tornar a produção industrial mais limpa, com atuações na obtenção de biodiesel ou tratamento de efluentes gordurosos. Dentre as diferentes vias de obtenção de enzimas lipolíticas, a via microbiana é a forma mais utilizada industrialmente. Tendo em vista a importância industrial da enzima, o presente trabalho teve como objetivo o isolamento e seleção de microrganismos produtores de lipases, bem como a otimização de sua produção através de fermentação submersa. Foram isoladas 12 cepas selvagens, dentre as quais três delas apresentaram destaque em análise qualitativa de produção de lipases. Uma dessas cepas foi selecionada para a realização de ensaios com base em um Delineamento Composto Central Rotacional (DCCR) 2³ a fim de otimizar sua atividade enzimática. As variáveis analisadas no DCCR foram concentração de extrato de levedura, concentração de óleo de soja e porcentagem de farelo de soja (m/v). Após 24 h de incubação a 370°C e 160 rpm em shaker, foi possível determinar a melhor produção em 0,19 U, nas condições de 20 g.L-1 de óleo de soja, 25 g.L-1 de extrato de levedura e 40% m/v do extrato de farelo de soja. Através do DCCR foi possível determinar a região de tendência para a obtenção da otimização da produção de lipase para a cepa selecionada, considerando uma região de confiança de 95% e R² = 0,8.


Palavras-chave


lipase, planejamento experimental, microrganismo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14808/sci.plena.2018.064207

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 João Víctor Maia Leite Garrido, Diego Fonseca Bispo, Cristina Ferraz Silva
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.