Estudo do sabão de óleo de mamona (Ricinus communis) como inibidor de corrosão em fluido salino

Autores

  • Tamires Silva Santana Universidade Federal de Sergipe
  • Elys Neres Lima Universidade federal de Sergipe
  • Alcides Oliveira Wanderley Neto
  • Gabriel Francisco da Silva
  • Maria Susana Silva

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2018.064205

Palavras-chave:

Óleo de mamona, corrosão, fluido salino, sustentabilidade, tensoativo

Resumo

A corrosão é um processo de deterioração de material metálico, ocorrendo mais comumente em meios aquosos em presença de eletrólitos, à exemplo da água produzida juntamente com petróleo que em contato com a superfície dos oleodutos geram corrosão. De forma a evitar que esse processo ocorra, inibidores de corrosão podem ser utilizados, aumentando a vida útil dos oleodutos. No presente trabalho foi obtido um tensoativo a partir de óleo vegetal, o óleo da mamona saponificado (OMS), que foi avaliado quanto à capacidade de inibição da corrosão frente ao aço carbono. O óleo de mamona foi saponificado a partir do valor calculado do índice de saponificação (IS) e caracterizado pelo índice de acidez (IA). A eficiência de inibição à corrosão foi avaliada pela técnica de voltametria de varredura linear, pelo método de resistência à polarização onde é possível avaliar a eficiência de um composto frente à corrosão gerada pela intensidade de corrente das reações de corrosão. Dessa forma, o OMS foi obtido e avaliado como inibidor de corrosão do aço carbono em fluido salino contendo NaCl 3,5%. O resultado obtido para o índice de acidez foi de 0,119, garantindo assim a qualidade do óleo, o índice de saponificação obtido foi de 161,73 g KOH/g, um pouco abaixo da literatura porém satisfatório. A polarização linear comprovou ação inibitória do óleo de mamona saponificado em meio salino uma vez que ocorreu decréscimo da corrente de corrosão e deslocamento do potencial de corrosão para valores mais positivos, com eficiência máxima de 89,6%.

Biografia do Autor

Tamires Silva Santana, Universidade Federal de Sergipe

Elys Neres Lima, Universidade federal de Sergipe

http://lattes.cnpq.br/5615816434986213

Alcides Oliveira Wanderley Neto

http://lattes.cnpq.br/4789528535524269

Downloads

Publicado

2018-07-23

Edição

Seção

VIII Seminário de Pesquisa em Engenharia Quimica