Análise morfométrica e de rendimento em carne de Mytelidae capturado no estado de Sergipe

Autores

  • Josafá José do Carmo Reis Júnior Universidade Federal de Sergipe / Departamento de Engenharia de Pesca e Aquicultura (Laboratório de Ecologia Pesqueira)
  • Kátia de Meirelles Felizola Freire Universidade Federal de Sergipe / Departamento de Engenharia de Pesca e Aquicultura (Laboratório de Ecologia Pesqueira)
  • Leonardo Cruz da Rosa Universidade Federal de Sergipe/ Departamento de Engenharia de Pesca e Aquicultura (Laboratório de Ecologia Bentônica)
  • Ana Claudia Gaspar dos Santos Universidade Federal de Sergipe / Departamento de Engenharia de Pesca e Aquicultura (Laboratório de Ecologia Pesqueira)
  • Athayde da Silva Lúcio Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura
  • Beatriz Silva Santiago Universidade Federal de Sergipe/ Departamento de Engenharia de Pesca e Aquicultura (Laboratório de Ecologia Bentônica)
  • Brenda Vieira dos Santos Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura
  • Icaro Santos da Silva Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura
  • Jefferson Vieira Bispo Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura
  • Lyllyan Santos Rocha Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura
  • Matheus Cristóvão de Santana Freire Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura
  • Raiza Tamajura Varjão Silva Santos Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura
  • Rita de Cássia Divino Lima Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura
  • Sandra Lima dos Santos Universidade Federal de Sergipe / Departamento de Engenharia de Pesca e Aquicultura (Laboratório de Ecologia Pesqueira)

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2016.120201

Palavras-chave:

rendimento em carne, alometria, morfometria

Resumo

Duas espécies de Mytella ocorrem no estado de Sergipe, M. charruana e M. bicolor, sendo ambas explotadas, porém em proporção desconhecida. Um dos primeiros passos para se avaliar corretamente a importância de cada uma das espécies na economia local é avaliar o rendimento em carne. Assim, o presente trabalho foi concebido com o objetivo de avaliar o rendimento em carne e ao mesmo tempo as relações morfométricas de ambas as espécies. Foram coletadas amostras mensais de aproximadamente 2 kg para cada espécie nos meses de abril a junho de 2014. As relações entre a largura (LC) e o comprimento (CC) da concha estimadas para M. charruana e M. bicolor foram LC = 0,3391 CC + 3,7965 e LC = 0,3934 CC + 5,1308, respectivamente. As relações entre a altura (AC) e o comprimento (CC) da concha foram AC = 0,3546 CC – 1,9146 e AC = 0,2977 CC + 1,1267, respectivamente. Finalmente, as relações entre o peso total (PT) e o comprimento da concha (CC) foram PT = 0,0004 CC2,3976 e PT = 8E-05 CC2,8437, respectivamente. Em todos os casos, foi observada uma diferença estatisticamente significante na relação para ambas as espécies, havendo no geral uma alometria negativa. O rendimento médio de carne in natura para M. charruana e M. bicolor foi de 50,3 e 33,2%, respectivamente. Dessa forma, para obter um quilo de carne (catado) seria preciso coletar aproximadamente 2 kg de indivíduos inteiros (carne e concha) de M. charruana e 3 kg de M. bicolor. 

Biografia do Autor

Josafá José do Carmo Reis Júnior, Universidade Federal de Sergipe / Departamento de Engenharia de Pesca e Aquicultura (Laboratório de Ecologia Pesqueira)

http://lattes.cnpq.br/1892506892890731

Kátia de Meirelles Felizola Freire, Universidade Federal de Sergipe / Departamento de Engenharia de Pesca e Aquicultura (Laboratório de Ecologia Pesqueira)

http://lattes.cnpq.br/1427843816775379

Leonardo Cruz da Rosa, Universidade Federal de Sergipe/ Departamento de Engenharia de Pesca e Aquicultura (Laboratório de Ecologia Bentônica)

http://lattes.cnpq.br/8573955998657736

Athayde da Silva Lúcio, Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura

http://lattes.cnpq.br/3335923210994034

Beatriz Silva Santiago, Universidade Federal de Sergipe/ Departamento de Engenharia de Pesca e Aquicultura (Laboratório de Ecologia Bentônica)

http://lattes.cnpq.br/3826452299029766

Brenda Vieira dos Santos, Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura

http://lattes.cnpq.br/4417156871762784

Icaro Santos da Silva, Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura

http://lattes.cnpq.br/5916026585100147

Lyllyan Santos Rocha, Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura

http://lattes.cnpq.br/5739682411876407

Matheus Cristóvão de Santana Freire, Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura

http://lattes.cnpq.br/9662434842933665

Raiza Tamajura Varjão Silva Santos, Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura

http://lattes.cnpq.br/6799331085208630

Rita de Cássia Divino Lima, Universidade Federal de Sergipe/ Curso de Graduação em Engenharia de Pesca e Aquicultura

http://lattes.cnpq.br/9776050313326808

Downloads

Publicado

2016-12-19