Estudo da Viabilidade de Aproveitamento de CO2 Offshore Visando a Produção de Ureia

Autores

  • Daiane dos Santos Freitas Universidade Federal de Sergipe
  • José Jailton Marques Universidade Federal de Sergipe
  • Carlos Augusto Guimarães Perlingeiro Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2016.054212

Palavras-chave:

Sequestro de CO2, Ureia, Análise Técnica e Econômica

Resumo

A intensificação das emissões de CO2 na atmosfera e sua consequente influência no contexto ambiental reforçam a necessária busca por alternativas de disposição deste gás. Desta forma, as tecnologias sequestrantes de CO2 ganharam notório destaque na literatura científica. Dentre as rotas químicas potencialmente sequestrantes, a síntese de ureia denota uma função estratégica no âmbito socioeconômico, uma vez que possibilita atender demandas voltadas à produção de alimentos e a minimização da forte dependência externa desta commoditie em virtude de sua baixa produção nacional. Neste contexto, foi desenvolvido um estudo para avaliar a utilização do CO2 proveniente do pré-sal na produção de ureia. Propôs-se uma planta de produção integrada de amônia e ureia, com capacidade de 1Mt/ano, consumo médio estimado em 1,90 x 108 kW e potencial de evitar a emissão de 20,7 Mt por ano de CO2. O investimento inicial foi estimado em US$ 241,2 milhões, com tempo de retorno de 6,1 anos. Obteve-se um VPL valorado em US$ 65.141.152,61 aplicando-se uma TMA de 15%, e a TIR foi calculada em 48%.

Biografia do Autor

Daiane dos Santos Freitas, Universidade Federal de Sergipe

Formada em Química Industrial e mestranda em Engenharia Química. Área de Estudo: seuquestro de carbono.

Downloads

Publicado

2016-05-12

Edição

Seção

VII Seminário de Pesquisa em Engenharia Química - Edição financiada pela CAPES