Ensino de Física Moderna: Perspectivas e desafios sob o olhar de alguns professores de Física do Ensino Médio

Ana Cácia Santos, Shirleyde Dias nascimento, Divanizia do Nascimnto Souza

Resumo


Neste artigo são discutidos os resultados de uma pesquisa investigatória realizada com alguns professores de Física de escolas públicas e privadas do município de Aracaju sobre a importância de se introduzir a Física Moderna no Ensino Médio, como também as facilidades e dificuldades que os docentes têm para lecionar os conteúdos referentes a essa “nova” Física. No decorrer de todo o artigo são discutidas as questões referentes à necessidade de se ensinar conteúdos da Física pós Newton, para que os discentes a percebam e vivenciem essa Física no cotidiano deles, fundamentados em: Oliveira (2012)[1], Ostermann & Moreira (2000) [2], Barcellos e Guerra (2015) [3], dentre outros. Os resultados mostram que a maioria dos docentes entrevistados reconhecem a importância da Física Moderna, mas não abordam em suas aulas por diversos fatores, sendo o Enem o principal deles. Ficou evidente que tanto o currículo do Ensino Médio bem como o Enem não estimulam a inserção dos tópicos de Física Moderna nessa etapa da escolar.

Palavras-chave


Ensino, Física Moderna, Professores

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2016.112710

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Ana Cácia Santos

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.