Contextualização, Experimentação e a Pesquisa na Web para Despertar o Interesse pelo Estudo das Reações Químicas

Jaime Rodrigues Da Silva

Resumo


Os estudantes que estão na transição do ensino fundamental para o médio, encontram dificuldades para compreender os conteúdos das Ciências, pois trazem consigo concepções errôneas sobre as disciplinas, sendo que algumas destas são passadas de geração para geração. Além disso, o ensino tradicional, que não relaciona a vida escolar com a do cotidiano do aprendiz potencializa essa problemática.

Na busca de alternativas ao ensino bancário trabalhamos com três eixos de mediação do conhecimento: a contextualização, a experimentação e as situações de estudo, que demonstraram ser ferramentas importantes para discutir esses problemas. Utilizando um tema comum da vida dos aprendizes, observamos um maior comprometimento e satisfação não só em responder as indagações propostas pelo professor orientador, como também a elaboração de questões durante o estudo. A partir deste nossos trabalho concluímos que é necessário estimular o uso na escola de práticas educacionais que sejam inovadoras e insiram a problemática da vida do aluno como forma de estudo dos conteúdos disciplinares.


Palavras-chave


Contextualização; Experimentação; Pesquisa.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14808/sci.plena.2016.112709

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.