Absenteísmo: um estudo de caso em um hospital universitár

Marcia Rohr da Cruz, Samuel Meoti, Adrieli Alves Pereira, Anderson Corso, Maria Emilia Camargo

Resumo


A pesquisa teve como objetivo identificar e analisar o absenteísmo dos profissionais de enfermagem em um Hospital Universitário da Serra Gaúcha relacionando as doenças ligadas ao afastamento dos profissionais desta área. O objetivo é a identificação dos custos gerados pela ausência dos colaboradores ao trabalho e da reposição destas horas não trabalhadas. A população estudada foi composta por auxiliares de enfermagem, técnicos de enfermagem e enfermeiros no período de julho de 2009 a junho de 2010. Trata-se de uma pesquisa descritiva-quantitativa exploratória. Os dados foram coletados através de consulta documental por meio da liberação prévia do setor de Recursos Humanos e SESMT - Serviço de Segurança e Medicina do Trabalho, após apresentação e aprovação do projeto de pesquisa pela comissão de ética em pesquisa do hospital e demais órgãos responsáveis pela Instituição, seguindo os trâmites legais para o início da pesquisa. Os resultados apresentados indicam que a função de técnico de enfermagem apresenta maior incidência de absenteísmo, constatou-se também que a especialidade de ortopedia apresenta maior freqüência de licenças no período estudado. Com este estudo foi possível constatar a importância de informações concisas sobre o absenteísmo e o custo com o mesmo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.