Contribuições e dificuldades na produção de material didático no PIBID Química da UFS/Campus de São Cristóvão

Autores

  • Suelaine dos Santos Souza UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
  • Verônica de Oliveira Siqueira
  • João Paulo Mendonça Lima

Palavras-chave:

Produção de material didático, formação inicial de professores, PIBID.

Resumo

Analisamos as opiniões de três ex-bolsistas do PIBID/QUÍMICA/UFS/São Cristóvão sobre a produção e aplicação de material didático, as contribuições para a formação inicial do professor de Química e as dificuldades encontradas na elaboração do mesmo. Os dados foram coletados através de entrevistas individuais e semiestruturadas em dezembro de 2014. Percebemos que os ex-bolsistas produziram e aplicaram material didático em forma de oficina temática. Entre as principais contribuições para formação inicial, destaca-se a possibilidade de abordagem da contextualização no ensino de Química; a importância da utilização de diferentes metodologias e o despertar de interesse dos alunos da Educação Básica pelo conhecimento. As principais dificuldades foram relacionadas à escolha de temas que permitem a contextualização, ao cumprimento do tempo destinado a aplicação da oficina temática e à preocupação em ensinar algo que desperte a motivação para o aprendizado.

Downloads

Publicado

2015-06-17

Edição

Seção

Escola de Verão em Educação Química e Seminário Integrador do PIBID/Química