Movimentos epistêmicos de uma professora em atividades investigativas de ciências

Autores

  • D. R. Borges Departamento de Física, Universidade Federal de Sergipe
  • A. C. T. Silva Colégio de Aplicação, Universidade Federal de Sergipe
  • E. D. O. Nascimento Departamento de Física, Universidade Federal de Sergipe

Palavras-chave:

movimento epistêmico, práticas epistêmicas, atividades investigativas de química.

Resumo

Neste trabalho buscamos analisar e categorizar os movimentos epistêmicos desenvolvidos pela professora em uma atividade investigativa de Química, direcionada para um grupo de alunos de Oitavos e Nonos Anos do Ensino Fundamental do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Sergipe. Buscamos saber ainda, como as estratégias empregadas pela professora favoreceram a instauração das práticas epistêmicas desenvolvidas pelos alunos. Utilizamos algumas categorias proposta por Mortimer et al. e outras inspiradas nas categorias propostas por Lidar, Lundquivist e Östman para categorizar as ações da professora. Os resultados indicam, o quanto foram de suma importância as estratégias utilizadas pela professora (movimentos epistêmicos), as quais possibilitaram aos estudantes o avanço nas práticas epistêmicas.

Downloads

Publicado

2014-04-28

Edição

Seção

VII Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade e Mídias na Educação