Movimentos epistêmicos de uma professora em atividades investigativas de ciências

D. R. Borges, A. C. T. Silva, E. D. O. Nascimento

Resumo


Neste trabalho buscamos analisar e categorizar os movimentos epistêmicos desenvolvidos pela professora em uma atividade investigativa de Química, direcionada para um grupo de alunos de Oitavos e Nonos Anos do Ensino Fundamental do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Sergipe. Buscamos saber ainda, como as estratégias empregadas pela professora favoreceram a instauração das práticas epistêmicas desenvolvidas pelos alunos. Utilizamos algumas categorias proposta por Mortimer et al. e outras inspiradas nas categorias propostas por Lidar, Lundquivist e Östman para categorizar as ações da professora. Os resultados indicam, o quanto foram de suma importância as estratégias utilizadas pela professora (movimentos epistêmicos), as quais possibilitaram aos estudantes o avanço nas práticas epistêmicas.


Palavras-chave


movimento epistêmico, práticas epistêmicas, atividades investigativas de química.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.