Análise da Degradação e Mineralização do Fenol Via Processo Oxidativo Avançado para Reuso de Efluentes na indústria do Petróleo

Autores

  • Kaline Souza Silva
  • Léa Elias Mendes Carneiro Zaidan
  • Daniella Carla Napoleão
  • Fernando Ferreira da Silva Dias
  • Yana Batista Brandão
  • José Geraldo de Andrade Pacheco Filho
  • Celmy Maria Bezerra de Menezes Barbosa
  • Mohand Benachour
  • Valdinete Lins da Silva

Palavras-chave:

efluente, fenol, foto-Fenton

Resumo

As atividades industriais, mineração e agricultura são emissores importantes de poluentes tóxicos, sendo a
indústria do petróleo, uma grande geradora de efluentes tóxicos. O fenol é um dos compostos encontrados nestes efluentes, é perigoso e mortal em mínimas concentrações. Os métodos tradicionais de tratamento de água não podem mineralizá-lo, técnicas tais como processos oxidativos avançados vem sendo estudadas. Este trabalho utilizou o processo de foto-Fenton aplicando um reator fotoquímico de bancada para o tratamento de uma solução aquosa de fenol de 100mg.L-1. A degradação do composto e a mineralização foram analisadas através de cromatografia líquida de alta eficiência e do Carbono Orgânico Total (COT), respectivamente. Obteve-se uma degradação de 100% de conversão do fenol e 92% do TOC após 2 horas de reação.

Biografia do Autor

Kaline Souza Silva

 

 

Léa Elias Mendes Carneiro Zaidan

 

 

Downloads

Publicado

2014-08-04

Edição

Seção

Artigos