Modelagem Cinética da Hidrogenação de Óleo de Soja Visando a Produção de Biocombustível

DIEGO CARPINTERO PEREIRA DANTAS, DANIELLA CARLA NAPOLEÃO, JOSÉ GERALDO ANDRADE PACHECO FILHO, CELMY MARIA BEZERRA MENEZES BARBOSA, MOHAND BENACHOUR, VALDINETE LINS DA SILVA

Resumo


O biodiesel é uma fonte de energia renovável capaz de alimentar motores que utilizam o diesel, pode ser originado a partir de diferentes oleaginosas como: girassol, mamona, dendê. Dentre as tecnologias empregadas merecem destaque a transesterificação e a hidrogenação. Neste último processo o hidrogênio gasoso e o material que se quer hidrogenar são misturados com um catalisador sólido finamente dividido. Um importante estudo em torno da hidrogenação refere-se a cinética do processo, sendo empregadas cinéticas de pseudo-primeira ordem em relação aos triglicerídeos e o modelo de Langmuir-Hinshelwood para determinar a taxa de reação dos ácidos graxos. O presente artigo buscou desenvolver um modelo cinético para dados experimentais obtidos em reator mecanicamente agitado, tipo PARR, em escala laboratorial. O modelo cinético de acoplamento foi adotado e conseguiu de modo satisfatório descrever o perfil das concentrações dos ácidos graxos em função do tempo, obtendo valores de R2 superiores a 0,94. 



Palavras-chave


biodiesel, hidrogenação, modelagem cinética, biodiesel, hydrogenation, kinetic modeling

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.