O papel da world wide web na formação do físico médico: rumos e desafios do ensino de física médica por meio de uma etnografia de seu público discente no espaço eletrônico

Janaína Dutra Silvestre Mendes, Lea Mirian Barbosa da Fonseca, Victoria Maria Brant Ribeiro Machado

Resumo


Este artigo pretende identificar os principais recursos (via internet) mais comumente usados pelos discentes de cursos de física médica (FM) durante sua formação e reconhecer os canais de comunicação e trânsito de informações, provenientes da internet, mais utilizados pelo graduando e pós-graduando em FM. Dos participantes da pesquisa, 98% declararam usar a internet para buscar conteúdos em FM, sendo a maioria em sites de associações de classe e agências reguladoras oficiais. 43% responderam que sua formação acadêmica não foi suficiente, quantitativa e qualitativamente. Sendo assim, já é possível reconhecer lacunas no tocante à formação e à atividade final, sob a perspectiva dos egressos. Com a grande maioria buscando este conhecimento altamente específico na internet, pode-se inferir que ela traz a marca da modernidade quando facilita a transformação do conhecimento comum (divulgado na rede) no conhecimento científico que o aluno construirá durante sua formação.


Palavras-chave


física médica, educação superior, apoios educacionais, ferramentas de aprendizagem, internet

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.