Instruir para Civilizar: Em Nome da Fé Cristã

Maria José Dantas

Resumo


O presente trabalho tem como meta aprofundar os estudos sobre História da Educação em Sergipe,procurando desenvolver uma análise sobre a influência da Igreja na formação educacional do povobrasileiro. O estudo é parte integrante da pesquisa em andamento sobre a Revista Cidade Nova e aspráticas de educação. Essa Revista tem bases no catolicismo e apresenta em suas páginas diversos artigossobre educação. Para melhor entender a relação da Igreja com a área educativa, em meio a essainvestigação se fez necessário verificar a participação da instituição no processo educacional. Assimatravés do estudo de uma vasta bibliografia sobre o assunto, elaboro uma análise expondo umaabordagem a cerca da participação da Igreja no processo de escolarização e instrução educacional dopovo cristão, como também faço uma abordagem voltada para a utilização dos impressos como veículotransmissor de instrução e de propagação da fé cristã. Foi possível observar que a Igreja tem umaparticipação relevante no processo educacional do povo brasileiro, seja fundando escolas, participando deórgãos estaduais ligados à área educacional ou até mesmo através dos impressos, que se tornam veículostransmissores dos discursos educacionais. Os aportes teóricos da Nova História Cultural, através dosconceitos de Civilização de Norbert Elias, bem como de apropriação e representação de Roger Chartier,possibilitaram subsídios para identificar que existia um interesse em instruir, civilizar e moralizar apopulação por parte da Igreja, como também foi possível observar a apropriação e representação dodiscurso educacional veiculado nos impressos católicos.

Palavras-chave


Educação; igreja; civilização

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.