Competitividade na indústria metalmecânica da região nordeste do Rio Grande do Sul em decorrência da implementação da norma ISO 14001

Cláudio Luiz Turatto, Alexandra Mattos Guerra, Eliana Andrea Severo, Julio Cesar Ferro de Guimarães

Resumo


No cenário atual, a sustentabilidade ambiental e a globalização demandam que as organizações possuam um diferencial competitivo para atuar no mercado. A norma ISO 14001 é reconhecida mundialmente como um meio de controlar custos, reduzir os riscos, melhorar o desempenho e gerar competitividade para as organizações. A norma reconhece que organizações se preocupam com a sua lucratividade tanto quanto com a gestão de impactos ambientais. Perante o exposto, este estudo tem o objetivo de pesquisar os diferenciais competitivos após a implementação da certificação ISO 14001, por meio de um estudo de casos múltiplos com uma abordagem qualitativa, em empresas de grande porte do setor metalmecânico da região nordeste do Rio Grande do Sul. Assim, foi possível identificar os ganhos internos e externos após a certificação. Como resultados identificaram-se nas empresas pesquisadas a unanimidade em reduções de riscos de acidentes e sansões legais. As empresas obtiveram economia ou redução do consumo de matérias-primas, resíduos, água e energia elétrica. Nas empresas fornecedoras para a linha automotiva, a certificação auxiliou na manutenção dos atuais clientes bem como na captação de novos clientes. 

Palavras-chave


: ISO 14001, Competitividade, Indústria Metalmecânica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.