Potencialidades no uso de imagens termais aéreas de alta resolução da superfície urbana como ferramenta para mapear o campo térmico

Flávio Henrique Mendes, Jefferson Lordello Polizel, Caio Hamamura, Mariana Dias Baptista, Demóstenes Ferreira da Silva Filho

Resumo


O presente trabalho apresenta a potencialidade no uso de imagens termais aéreas de alta resolução da superfície urbana como ferramenta para mapear zonas de conforto térmico. Utilizou-se uma câmera termal de alta resolução, modelo FLIR SC660, com resolução espacial de 1,5 m e espectral de 640x480 pixels, em sobrevoo na área urbana do município de Piracicaba, São Paulo, Brasil, durante o dia 30 de outubro de 2012, em três períodos: 08:36 (manhã), 14:27 (tarde) e 19:23 (noite), horário local. No Brasil, ainda são poucos os trabalhos realizados com imagens termais de alta resolução em levantamentos aéreos. Por meio de técnicas de sensoriamento remoto das imagens obtidas, foi possível identificar o campo térmico na área de estudo sob influência, principalmente, do asfalto, classe com temperatura de superfície mais alta (55,7 °C às 14:27), e vegetação e corpos d’água, as quais minimizaram o efeito. 


Palavras-chave


clima urbano; imagens termais de sobrevoo; temperatura de superfície

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2015.090203

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.