Plantas medicinais com ação antiinflamatória comercializadas em Arapiraca-AL

Maria Simone Costa Santos, Jandir Gertulino dos Santos, Aldenir Feitosa dos Santos

Resumo


O presente estudo teve como objetivo a catalogação das espécies vegetais indicadas pelos raizeiros no combate às doenças inflamatórias, comercializadas em feira livre, mercado público e lojas de Arapiraca-AL. Como instrumentos foram aplicados questionários para obtenção de informações mais detalhadas sobre as plantas por eles indicadas, como, por exemplo, as espécies mais vendidas, formas de preparo e origem do conhecimento que os raizeiros detêm sobre a utilização das plantas medicinais. Foram identificadas dezoito espécies vegetais designadas como antiinflamatórias e comercializadas no município de Arapiraca, das quais doze apresentaram dados na literatura que condizem com a indicação feita pelos raizeiros, correspondendo a 66,67% do total de plantas catalogadas. Dessa forma, se faz necessário o resgate das informações populares sobre a utilização das plantas com fins medicinais, pois a renovação de gerações pode fazer com que ocorra a perda de tais informações. No entanto, as demais, ou seja, seis tipos de plantas apresentaram ausência de dados através da análise literária, que correspondem a 33,33% do total, o que evidencia a necessidade de investigações a respeito da comprovação ou não das propriedades antiinflamatórias apontadas pelos comerciantes de ervas do município. Portanto, a maior parte das plantas indicadas pelos raizeiros possui realmente ação antiinflamatória, porém, algumas espécies não têm sua eficácia comprovada cientificamente, o que consiste num risco em potencial para saúde da população local.

Palavras-chave


Plantas medicinais; Ação antiinflamatória; Raizeiros.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.