Influência do horário de colheita no óleo essencial de diferentes partes da planta de dois genótipos de palmarosa (Cymbopogon martinii)

Yvesmar R.S. Rosa, Arie F. Blank, Laíse N. Costa, Maria F. Arrigoni-Blank, Luís O. Passos, Samísia M.F. Machado

Resumo


Cymbopogon martinii, mais conhecido como palmarosa, é uma planta perene nativa da Índia, que pertence a família Poaceae. A maioria das espécies pertencentes a este gênero possui óleo essencial com características aromáticas, tendo importância comercial nas indústrias de cosméticos, perfumaria e em aplicações farmacêuticas. O óleo essencial de palmarosa tem como principais componentes químicos o (E)-β-ocimeno, linalol, geraniol, acetato de geranila e β-cariofileno. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do horário de colheita no teor, no rendimento e na composição química do óleo essencial de diferentes partes vegetais de dois genótipos de palmarosa (Cymbopogon martinii). O experimento foi conduzido na Fazenda Experimental "Campus Rural da UFS" localizado em São Cristóvão-SE cujo delineamento experimental foi em blocos ao acaso em esquema fatorial 2x3x3, com três repetições. Foram avaliados os genótipos UFS-CMA001 e UFS-CMA002. Verificou-se maior rendimento de óleo essencial no genótipo UFS-CMA002, no entanto, os dois genótipos apresentaram alto teor de geraniol. Além disso, observou-se que a colheita dos dois genótipos pode ser realizada tanto pela manhã quanto a tarde.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.