Efeito de inseticidas organossintéticos na atividade alimentar de Podisus nigrispinus (DALLAS) (Heteropera: Pentatomidae)

P. C. Dantas, J. C. M. Poderoso, A. França-Santos, M. E. Correia-Oliveira, G. T. Ribeiro

Resumo



O uso de inseticidas consome, mundialmente, valores  da ordem de bilhões de dólares na tentativa de controlar insetos. O poder tóxico de um inseticida é determinado estabelecendo-se a dose mínima necessária para matar o inseto. O trabalho tem como objetivo avaliar a toxicidade de inseticidas organossintéticos na atividade alimentar de  Podisus nigrispinus.  Os inseticidas utilizados foram Endosulfan, Deltametrina, Malathion e Cyptrin onde os mesmos foram diluídos e inseridos na fonte de alimentação dos insetos. Os tratamentos foram realizados nas fases de ninfas de 3º estádio e adultos de P. nigrispinus. Os inseticidas Deltametrina e Endosulfan ocasionaram maior índice de mortalidades de indivíduos e alterações de comportamento. Dos  tratamentos realizados, o inseticida Endosulfan apresentou maior nocividade às duas fases do inseto, não sendo adequada sua utilização em estratégias de controle em que esteja presente o P. nigrispinus. 

Palavras-chave


Percevejos predador, Praga de grãos, pesticidas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.