Correções quânticas à massa do kink deformado

Autores

  • Thiago R. Araujo Departamento de Física, Universidade Federal de Sergipe
  • Stoian I. Zlatev Departamento de Física, Universidade Federal de Sergipe

Palavras-chave:

kink, deformação, correção à massa.

Resumo

Defeitos topológicos foram muito estudados nas ultimas décadas, sendo ainda objeto de bastante interesse em diversas áreas, como na física da matéria condensada, na física de partículas elementares e na cosmologia. Soluções do tipo kink em certos modelos de campos escalares num espaço-tempo de dimensão dois são exemplos típicos de defeitos topológicos. Partindo de um modelo com soluções clássicas desse tipo podemos encontrar uma infinidade de novos modelos com a mesma propriedade através de um procedimento de deformação [D. Bazeia, L. Losano, J. M. C. Malbouisson, Phys. Rev. D66 (2002) 101701(R)]. Sugerimos nesse trabalho um método para o cálculo da variação da primeira correção quântica à massa do kink sob uma deformação pequena. Deformações infinitamente pequenas dos modelos Seno-Gordon e do 4φ2 são analisadas em detalhes. 

Biografia do Autor

Thiago R. Araujo, Departamento de Física, Universidade Federal de Sergipe

Stoian I. Zlatev

Downloads