Preferências da população da Região Metropolitana da Grande Aracaju (SE), sobre o consumo de produtos apícolas.

P. C. Dantas, M. E. Correia-Oliveira, J. C. M. Poderoso, F. B. Gonçalves, A. F. Ferreira, G. T. Ribeiro, E. D. Araújo

Resumo


Atualmente, parte da produção de mel está destinada à exportação apenas 50 a 60% da produção fica no mercado interno. Porém, em função do embargo das exportações brasileiras para a União Européia, em 2006, começou uma preocupação com o destino comercial do mel produzido. Uma alternativa é o mercado brasileiro, mas existe pouco conhecimento sobre o perfil do consumidor local, por isso, torna-se necessário conhecer o consumidor  dos produtos apícolas. Para  a realização deste estudo foram entrevistadas 534 pessoas nas cidades de Aracaju e São Cristóvão. A amostra foi obtida através de amostragem aleatória simples, com índice de confiabilidade de 95% e margem de erro amostral de 4,3%. Existe a necessidade de esclarecimento sobre os benefícios dos produtos apícolas bem como sobre o processamento e maneiras de adquirir esses produtos sem risco de fraudes.

Palavras-chave


apicultura, consumidor, produtos apícolas

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.