Desenvolvimento e avaliação fotoprotetora, in vitro, de formulações de mistura curcuminoide e chalconas estruturalmente relacionadas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2022.104501

Palavras-chave:

FPS-UVB, açafrão-da-terra, curcuma

Resumo

O mercado de cosmético passa por uma tendência em empregar filtros solares de origem natural em formulações fotoprotetoras, seja isolado ou como adjuvantes de filtros sintéticos. O açafrão-da-terra (Curcuma longa) teve o seu valor medicinal reconhecido pelo SUS no ano de 2009, sendo incluído da RENISUS. Assim, a mistura curcuminoide (MC) foi extraída e modificada para gerar a MCA. As chalconas (CH e CHA) foram planejadas considerando a estrutura molecular do metoxicinamato de octila, um filtro solar comercial, e da MC. Os métodos in vitro de Mansur e Diffey foram usados para determinar o fator de proteção solar (FPS-UVB) e o comprimento de onda crítico (λc) das formulações contendo os compostos em estudo. A MC, a MCA, a CH e a CHA mostraram os seguintes valores de FPS-UVB e λc (nm): MC (0,9 e 394), MCA (5,2 e 391), CH (5,4 e 388) e CHA (11,6 e 358). Os resultados indicam que os compostos têm potencial para atuarem conferindo proteção contra a radiação UVB e/ou UVA. Dentre os filtros químicos avaliados, a CHA demonstrou potencial para atuar como filtro UV de amplo espectro, exibindo efeito fotoprotetor comparável ao da oxibenzona (FPS 11,3 e λc 348 nm), filtro químico comercial.

Downloads

Publicado

2022-11-11

Como Citar

Silva, J. de J., Simplicio, S. S., Santos, V. L. do A., Araújo, C. R. M., & Gonsalves, A. de A. (2022). Desenvolvimento e avaliação fotoprotetora, in vitro, de formulações de mistura curcuminoide e chalconas estruturalmente relacionadas. Scientia Plena, 18(10). https://doi.org/10.14808/sci.plena.2022.104501

Edição

Seção

Artigos