Atividade inseticida do extrato etanólico de Eugenia dysenterica (Myrtaceae) sobre formigas cortadeiras

Autores

  • Marcos Vinicios Faleiros Universidade Estadual de Goiás – UEG / Unidade de Ipameri
  • José Henrique Faleiros Universidade Federal de Goiás – UFG / Regional Catalão
  • Roberta Camargo Oliveira Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia-MG
  • Ednaldo Cândido Rocha Universidade Estadual de Goiás – UEG / Unidade de Ipameri
  • José Magno Queiroz Luz Universidade Federal de Uberlândia
  • Alcione da Silva Arruda Universidade Estadual de Goiás – UEG / Unidade de Ipameri

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2022.107201

Palavras-chave:

Atta laevigata, bioinseticida, inseticida natural

Resumo

O método de controle mais empregado para formiga cortadeira Atta laevigata (Smith, 1858) é o químico sintético. Porém, este é considerado grande gerador de problemas ambientais e para a saúde humana. Alternativas e métodos naturais de controle, como a utilização de extratos de plantas podem somar benefícios no sistema ecológico. Com isso, objetivou-se avaliar o potencial inseticida do extrato etanólico de Eugenia dysenterica (Mart.) (Myrtaceae) no controle de formiga cortadeira. O bioensaio foi realizado em delineamento inteiramente casualizado, com seis concentrações de extrato de cagaita (0; 0,001; 0,025; 0,05; 0,075; 0,1 g mL-1) e 3 repetições. As operárias de formiga cortadeira (adultos) foram colocadas em caixas gerbox embebidas com os extratos vegetais. As formigas cortadeiras, no teste de superfície de contato, apresentam mortalidade conforme o aumento das concentrações do extrato. A taxa de mortalidade foi variável de acordo com a parte da planta utilizada no extrato, sendo a maior mortalidade relacionada aos extratos provenientes das flores de cagaiteira.

Downloads

Publicado

2022-11-11

Como Citar

Faleiros, M. V. ., Faleiros, J. H. ., Oliveira, R. C. ., Rocha, E. C., Queiroz Luz, J. M., & Arruda, A. da S. (2022). Atividade inseticida do extrato etanólico de Eugenia dysenterica (Myrtaceae) sobre formigas cortadeiras. Scientia Plena, 18(10). https://doi.org/10.14808/sci.plena.2022.107201

Edição

Seção

Artigos