Caracterização elétrica e dielétrica do sistema policristalino Bi12TiO20

Autores

  • Denise de Jesus Santos Departamento de Física, Universidade Federal de Sergipe
  • Luciara B. Barbosa Departamento de Física, Universidade Federal de Sergipe
  • Zélia Soares Macedo Departamento de Física, Universidade Federal de Sergipe

Palavras-chave:

Titanato de Bismuto, microestrutura, espectroscopia de impedância

Resumo

A produção, caracterização elétrica e dielétrica de corpos cerâmicos de titanato de bismuto (Bi12TiO20-BTO) são relatados neste trabalho. Este material  tem potencial para diversas aplicações que estão intimamente relacionadas com suas propriedades foto e radio-condutoras. Os dados experimentais obtidos por medidas elétricas em modo AC foram deconvoluídos para se obter separadamente as contribuições de grão e contorno de grão. Para amostras sinterizadas a baixa temperatura, observou-se o mesmo mecanismo de condução já relatado para o monocristal, com energia de ativação em torno de 1 eV. As amostras mais densas, no entanto, apresentaram um valor superior a 1eV, que pode estar relacionado ao surgimento de um novo mecanismo de condução no material. A permissividade relativa apresentou um comportamento dispersivo na região de baixas freqüências. No entanto, o valor de permissividade relativa ε=52 medido em 100 kHz está em ótima concordância com o valor relatado para o monocristal.

Biografia do Autor

Denise de Jesus Santos, Departamento de Física, Universidade Federal de Sergipe



Luciara B. Barbosa, Departamento de Física, Universidade Federal de Sergipe


Zélia Soares Macedo, Departamento de Física, Universidade Federal de Sergipe


Downloads

Edição

Seção

Artigos