Anatomia foliar e radicular comparativa de sete espécies de Catasetum Rich. ex Kunth (Orchidaceae: Catasetinae)

Autores

  • Miguel Sena Oliveira Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade, Ambiente e Saúde, Universidade Estadual do Maranhão, CEP 65604-090, Praça Duque de Caxias, s/n, Morro do Alecrim, Caxias-MA, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-8931-4978
  • Alessandro Wagner Coelho Ferreira Departamento de Biologia, Universidade Federal do Maranhão, CEP 65080-805, Cidade Universitária Dom Delgado, Av. dos Portugueses, 1966, Bacanga, São Luís-MA, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-0961-5189
  • Hermeson Cassiano Oliveira Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade, Ambiente e Saúde, Universidade Estadual do Piauí, Campus Heróis do Jenipapo, CEP 64280-000, Av. Sto. Antônio s/n, Bairro São Luís, Campo Maior- PI, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-1611-9562

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2021.121201

Palavras-chave:

Estudos anatômicos, Epifitas, orquídea

Resumo

O gênero Catasetum é um grupo complexo e pouco se conhece sobre a composição anatômica de suas folhas e raízes. O presente estudo objetivou descrever e comparar anatomicamente a estrutura foliar e radicular de sete espécies e contribuir com o conhecimento anatômico e taxonômico das espécies incluídas na subtribo Catasetinae. As amostras foram fixadas em FAA70 e preservadas em etanol 70%. As secções foram realizadas a mão livre, clarificadas em hipoclorito de sódio 50% e, posteriormente, coradas com fucsina básica e azul de Astra 0,05%. As lâminas foram montadas com gelatina glicerinada e lutadas com esmalte incolor. Os espécimes estudados são estruturalmente semelhantes entre si, com folhas de epiderme uniestratificada, cutícula delgada e lisa em ambas as faces, colênquima angular, esclerênquima circundando o feixe vascular da nervura principal e mesofilo homogêneo e raízes com epivelame distinguível, velame multiestratificado com espessamento secundário, exoderme uniestratificada com presença de tilossomos, córtex parenquimático multiestratificado, endoderme e periciclo uniestratificado e cilindro vascular poliarco, estando esses dados de acordo com a literatura para o gênero. O registro de folhas anfiestomaticas são aqui descritas pela primeira vez para a anatomia das Catasetum. Contudo, não foram encontrados marcadores anatômicos úteis para diferenciar as espécies estudas ou que contribuíssem para fins taxonômicos ou com a sistemática deste gênero.

Downloads

Publicado

2022-01-14