Avaliação in silico e in vitro dos flavonoides vitexina, tilirosideo e 5,7-dihidroxi-3,8,4'-trimetoxi: Avaliação do FPS e predição da atividade anti câncer

Aleson Pereira de Sousa, Mayara Karla dos Santos Nunes, Micaelly da Silva Oliveira, Diégina Araújo Fernandes, Maria Denise Leite Ferreira, Laísa Vilar Cordeiro, Helivaldo Diógenes da Silva Souza, Maria de Fátima Vanderlei de Souza, Hilzeth de Luna Freire Pessoa, Abrahão Alves de Oliveira Filho, Rita de Cássia da Silveira e Sá

Resumo


Os produtos naturais têm sido utilizados para combater os crescentes efeitos danosos causados pela exposição solar, adicionando fórmulas químicas a compostos ou substâncias naturais para potencializar o efeito protetor na pele. Através de análises in silico e in vitro, o presente estudo avaliou o efeito farmacológico contra o câncer de pele e o fator de proteção solar de três flavonoides: Hv-1 (Kaempferol-3-O-β-D- (6”-Ep-coumaril) glucopiranosideo), Pg-1 (5,7-dihidroxi-3,8,4'-trimetoxi) e Wv-1 (5,7,4'-trihidroxiflavona-8-C-β-glucopiranosideo), bem como seus respectivos compostos naturais (extratos etanólicos brutos – EEBs e frações diclorometano/clorofórmio – FC/FD), oriundos de processos de extração em espécies da família Malvaceae. Os resultados da análise in silico demonstraram que o Pg-1 possui maior probabilidade no potencial antineoplásico para o tratamento do sarcoma, do carcinoma, do melanoma e do câncer de células escamosas, enquanto o Hv-1 apresenta efeito antineoplásico no combate ao melanoma e ao câncer nas células escamosas. O Wv-1 apresentou baixa ativação antineoplásica em neoplasias do sistema tegumentar. A análise in vitro revelou que os compostos dos EEBsHv e FDHv, e as frações (FCWv, FDHv e FCPg) tiveram elevado fator de proteção solar (25,01FPS). O estudo das substâncias isoladas mostrou que o Wv-1 não produziu efeito protetor significativo no espectro UVB, contudo o Hv-1 e o Pg-1 apresentaram efeitos semelhantes, com alto nível de proteção (25,01FPS). Os dados indicam que os compostos analisados poderiam tornar-se alternativas terapêuticas como fitoterápicos e as moléculas isoladas, candidatas promissoras a fitofármacos com efeito fotoprotetor e atividade anticâncer no sistema tegumentar.


Palavras-chave


produtos naturais, antineoplásico, fator de proteção solar

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2020.124601

Apontamentos



Direitos autorais 2021 Aleson Pereira de Sousa, Mayara Karla dos Santos Nunes, Micaelly da Silva Oliveira, Diégina Araújo Fernandes, Maria Denise Leite Ferreira, Laísa Vilar Cordeiro, Helivaldo Diógenes da Silva Souza, Maria de Fátima Vanderlei de Souza, Hilzeth de Luna Freire Pessoa, Abrahão Alves de Oliveira Filho, Rita de Cássia da Silveira e Sá

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.