Efeito do método de síntese de materiais com estrutura perovskita nas suas características e na remoção do corante do meio aquoso

Joenesson Fílip Santos Ribeiro, Andreza Alves Souza, Elaine Cristina Nogueira Lopes Lima, Marcelo José Barros Souza, Anne Michelle Garrido Pedrosa

Resumo


Óxidos com estrutura perovskita são alvo de importantes estudos, pois são materiais versáteis que apresentam aplicações magnéticas, elétricas, ópticas, catalíticas, adsortivas, entre outras, e também são facilmente sintetizados. Essas aplicações são potencialmente influenciadas pelo método de síntese e, nesse sentido, diversos métodos têm sido utilizados na preparação desses materiais, a fim de otimizar suas características e propriedades. No presente trabalho, materiais do tipo LaNiO3 com estrutura perovskita foram preparados a partir dos seguintes métodos: proteíco modificada usando gelatina como agente complexante, mecanossíntese e método de combustão em placa de aquecimento e microondas. Os materiais obtidos foram caracterizados por técnicas físico-químicas e avaliados como adsorventes para a remoção do corante azul de metileno em meio aquoso. Todos os materiais apresentaram potencial de remoção do corante do meio, com destaque para o material obtido por mecanossíntese, que apresentou maior eficiência de descoloração do corante. Após os testes de remoção do corante, a estrutura da perovskita foi preservada e o adsorvente foi reutilizado após ser submetido à calcinação a 900 °C quando ocorreu a degradação simultânea do corante previamente adsorvido. Os materiais reaproveitados ainda apresentavam alto potencial de remoção de corantes.


Palavras-chave


Perovskita, LaNiO3; Método de síntese; Corante azul de metileno

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2020.127202

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Anne Michelle Garrido Pedrosa, Joenesson Fílip Santos Ribeiro, Andreza Alves Souza, Elaine Cristina Nogueira Lopes Lima, Marcelo José Barros Souza

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.