Variáveis climáticas influenciam a riqueza, composição e distribuição de plantas exóticas invasoras?

Autores

  • Thieres Santos Almeida Universidade Federal de Sergipe, Laboratório de Ecologia e Conservação da Biodiversidade
  • Rony Peterson Santos Almeida Museu Paraense Emílio Goeldi, Coordenação de Ciências da Terra e Ecologia
  • Juliano Ricardo Fabricante Universidade Federal de Sergipe, Laboratório de Ecologia e Conservação da Biodiversidade

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2021.072401%20

Palavras-chave:

invasão biológica, espécies alóctones, clima

Resumo

Neste trabalho buscamos avaliar a influência das variáveis climáticas (precipitação e temperatura) na distribuição de plantas exóticas invasoras em Sergipe, Brasil.  Para isso, percorremos 550 km de rodovias do Estado registrando as plantas exóticas invasoras e relacionamos posteriormente com variáveis climáticas disponíveis em base de dados. No total foram amostradas 46 espécies distribuídas em 17 famílias. Nossos resultados demonstram que a comunidade é influenciada pelas variáveis climáticas testadas. A maior riqueza de espécies ocorreu na zona semiárida de Sergipe. A riqueza foi influenciada principalmente pela precipitação anual, apresentando uma relação negativa. A composição de espécies, por sua vez, foi afetada por quatro variáveis (precipitação anual, sazonalidade da precipitação, temperatura máxima no mês mais quente e temperatura média anual) que determinam suas distribuições. Algumas exóticas invasoras agressivas foram limitadas principalmente pela precipitação anual e sazonalidade de precipitação. No entanto, outras apresentaram alta amplitude de ocorrência, podendo assim se dispersar por diversas regiões já que não apresentam limitações perante as condições climáticas. Assim, concluímos que as condições climáticas podem influenciar de forma positiva ou negativa a composição, riqueza e distribuição de espécies exóticas invasoras no Estado. Nossos resultados auxiliam na compreensão dos efeitos das condições do ambiente na distribuição de espécies exóticas invasoras.

Downloads

Publicado

2021-08-12

Edição

Seção

Artigos