Crescimento e qualidade de mudas de baru em reposta a hidroretentor e água magnetizada

Autores

  • João Paulo Pereira Mendes Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Arinos
  • Alisson Macendo Amaral Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Arinos
  • Marco Antonio da Silva Verssiani Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Arinos
  • Maria Ângela Cruz Macêdo dos Santos Núcleo de Engenharia de Água no Solo da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2020.110201

Palavras-chave:

Dipteryx alata Vogel., magnetização, hidrogel

Resumo

O baru (Dipteryx alata Vogel) é uma espécie nativa do Cerrado de usos múltiplos. O objetivo desse trabalho foi verificar a influência da associação entre doses de hidroretentor e tipos de água de irrigação no crescimento e na qualidade de mudas de baru. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso 5x2x5, com 5 repetições, sendo 5 doses de hidroretentor (0, 2, 4, 6, 8 g L-1 - DH), 2 águas de irrigação (normal - AN e magnetizada - AM) e 5 épocas de avaliação (15, 30, 45, 60, 75 e 90 dias após a emergência – DAE). A unidade experimental era composta de 4 mudas, cultivadas em substrato comercial sob tubetes de 120 cm³ de capacidade. O crescimento foi avaliado por características morfológicas (altura de planta, diâmetro de caule e número de folhas, em intervalos quinzenais) e por produção de matéria seca (matérias secas de raiz, caule e folhas aos 90 DAE). As matérias secas foram usadas para estimar as razões de matéria seca. A qualidade foi determinada pelo Índice de Qualidade de Dickson (IQD). Observou-se que o crescimento em AF e NF foram limitados, enquanto que DC aumentou linearmente com o tempo. A associação entre DH e AM reduzem a AP, mas compensam no NF. A não diferença observada nas matérias secas, razões de matérias secas e IQD foram atribuídas à plasticidade fenotípica do baru. DH acima de 0,78 g L-1 não influenciam expressivamente no sistema radicular devido a limitação do tubete de 120 cm³.

Biografia do Autor

João Paulo Pereira Mendes, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Arinos

http://lattes.cnpq.br/0839163078521724

Alisson Macendo Amaral, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Arinos

http://lattes.cnpq.br/7711252270672397

Marco Antonio da Silva Verssiani, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Arinos

http://lattes.cnpq.br/8739853290794217

Maria Ângela Cruz Macêdo dos Santos, Núcleo de Engenharia de Água no Solo da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

http://lattes.cnpq.br/5127069793037168

Downloads

Publicado

2020-12-18

Como Citar

Mendes, J. P. P., Amaral, A. M., Verssiani, M. A. da S., & Santos, M. Ângela C. M. dos. (2020). Crescimento e qualidade de mudas de baru em reposta a hidroretentor e água magnetizada. Scientia Plena, 16(11). https://doi.org/10.14808/sci.plena.2020.110201