Adsorção da Timina em Ag: Estudo da Influência do pH via SERS

Hilton B. Aguiar, Paola Corio, Antônio C. de Sant’Anna, Márcia L. A. Temperini, Francisco C Nart, Frederico G.C. Cunha

Resumo


O estudo da adsorção de moléculas orgânicas em superfícies condutoras tem sido de grande interesse nosúltimos tempos, pois com o entendimento do seu mecanismo e das variáveis envolvidas para tal, espera-sepoder controlar o posicionamento molecular. Este controle teria o seu uso em uma possível construção denanoestruturas de camadas auto-montadas de aplicação na nanotecnologia. O estudo da adsorção daTimina (5-metiluracil; 5MU) foi efetuado via Surface Enhanced Raman Spectroscopy (SERS) comvariação a variação de pH e com controle de potencial. A análise dos espectros levou à conlusão de que aconcentração de H+ no meio leva à protonação/desprotonação da molécula fazendo com que esta sereposicione. Foram obtidos dois padrões de espectros para a Ag em meio ácido. As mudanças nasintensidades das bandas dos espectros levaram a propor um modelo em que a timina para potenciais maisbaixos (molécula protonada) se adsorve inclinadamente por um dos oxigênios do anel e com o aumentopara potenciais mais altos (agora desprotonada) a adsorção ocorre por um dos nitrogênios, levando amolécula a uma posição mais próxima da perpendicular à superfície. Para o meio neutro os espectrosforam semelhantes àqueles da forma deprotonada indicando que não houve reposicionamento molecularuma vez que os espectros não variaram com potencial.

Palavras-chave


Adsorção, timina, SER

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.