Tolerância a metais pesados e produção de surfactante por Pseudomonas fluorescens Slim15

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2020.106201

Palavras-chave:

resíduo industrial, biorremediação, biossurfactante

Resumo

O descarte inadequado de resíduos industriais ou acidentes ambientais tem causado grandes impactos ambientais, como a contaminação por metais pesados. Processos biotecnológicos envolvendo microrganismos têm sido utilizados como estratégia para recuperar ambientes impactados. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência de metais pesados essencial e não essencial no crescimento e na produção de surfactante da linhagem Pseudomonas fluorescens Slim15. Os testes de concentração inibitória mínima (CIM) e concentração bactericida mínima (CBM) foram utilizados para avaliar a tolerância aos metais Pb e Zn. Foram realizados testes de atividade emulsificante e tensão superficial para avaliar a influência dos metais na produção de biossurfactante. A linhagem P. fluorescens Slim15 apresentou crescimento na presença de 31,25 mg/L de Zn e de 1000 mg/L de Pb no teste CIM e de 4000 mg/L no teste CBM para os metais testados. Os metais não apresentaram influência significativa na produção de biossurfactante. Esta pesquisa mostrou que a linhagem P. fluorescens Slim15 apresentou rendimento satisfatório nos testes de tolerância e produção de surfactante, mesmo em altas concentrações de metais. Esta linhagem bacteriana é uma promissora agente biorremediadora de ambientes contaminados por metais pesados.

Biografia do Autor

Danielly Cristina Marques de Castro, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa)

Graduada em Ciências Biológicas, Faculdade de Biologia, Instituto de Estudos em Saúde e Biológicas, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa)

Ana Cristina Viana Campos, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa)

Professora Adjunta da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. Doutora em Odontologia pela Faculdade de Odontologia, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Sebastião da Cruz Silva, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa)

Professor Associado da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. Doutor em Química pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Cristina Maria Quintella, Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Professora Titular da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Doutora interdisciplinar em Ciências Moleculares pela University of Sussex, UK

Sidnei Cerqueira dos Santos, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará

Professor Adjunto da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. Doutor em Biotecnologia pela Universidade Estadual do Ceará, Rede Nordeste de Biotecnologia - RENORBIO, com período sanduíche na Wageningen University, NL

Downloads

Publicado

2020-11-13

Como Citar

Castro, D. C. M. de, Campos, A. C. V., Silva, S. da C., Quintella, C. M., & Santos, S. C. dos. (2020). Tolerância a metais pesados e produção de surfactante por Pseudomonas fluorescens Slim15. Scientia Plena, 16(10). https://doi.org/10.14808/sci.plena.2020.106201