Análise espaço temporal da qualidade da água dos rios Peruípe, Itanhém e Jucuruçu, Bahia

Raquel Viana Quinelato, Emilly da Silva Farias, Joscelia Monteiro Santos de Brito, Winnie Aguiar Virgens, Luanna Chácara Pires

Resumo


As bacias dos rios Peruípe, Itanhém e Jucuruçu têm grande relevância para o abastecimento de diversos munícipios do Extremo Sul da Bahia. Portanto, monitorar e avaliar a qualidade dessas águas é fundamental para a gestão sustentável dos recursos hídricos dessa região.  Nesse contexto, o presente trabalho objetivou avaliar a qualidade da água desses rios em 12 pontos de monitoramento situados em 8 munícipios. Para tanto, utilizou-se dados extraídos do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado da Bahia (INEMA), dentre eles coliformes termotolerantes, clorofila-a, nitrato, nitrogênio, temperatura, salinidade, alcalinidade, sólidos dissolvidos totais, turbidez, potencial hidrogeniônico, oxigênio dissolvido, demanda bioquímica de oxigênio, demanda química de oxigênio, fósforo total e amônia, bem como o Índice de Qualidade da Água (IQA) entre 2009 e 2019.  Os resultados obtidos foram comparados aos limites estabelecidos na Resolução CONAMA Nº 357 de 2005, tanto para as águas doces Classe 2 quanto salobras Classe 1 e faixas de IQA. Resultados de coliformes termotolerantes, sólidos dissolvidos totais, turbidez, potencial hidrogeniônico, oxigênio dissolvido, demanda bioquímica de oxigênio, fósforo total e amônia extrapolaram os padrões estabelecidos na resolução CONAMA Nº 357/2005, estando diretamente relacionados ao uso e ocupação do solo, sem o devido acompanhamento de infraestrutura básica e ausência de um esgotamento sanitário que atenda adequadamente às comunidades localizadas próximas às bacias hidrográficas. Os resultados do IQA nas três bacias variaram entre 56,3 e 72,1, o que indica que as águas podem ser classificadas como qualidade boa, apesar das alterações em alguns parâmetros.


Palavras-chave


qualidade das águas; recursos hídricos; poluição

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2020.071701

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Raquel Viana Quinelato, Emilly da Silva Farias, Joscelia Monteiro Santos de Brito, Winnie Aguiar Virgens, Luanna Chácara Pires

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.