Validação de um modelo viscoelástico para análise de estruturas de concreto submetidas a cargas de longa duração

Leandro Candido de Lemos Pinheiro, Mauro de Vasconcellos Real, Fábio Costa Magalhães, Mailson Scherer

Resumo


O concreto de Cimento Portland, por ser o material de construção mais utilizado no mundo, tem o comportamento, das suas mais diversas propriedades, estudado de forma cada vez mais aprofundada. Muitos estudos sobre estruturas de concreto têm sido realizados ao longo das últimas décadas, porém, a consideração dos efeitos decorrentes da aplicação de cargas de longa duração ainda carece de melhor previsão. Os efeitos diferidos são caracterizados por deformações contínuas no elemento de concreto ao longo do tempo, podendo ocorrer devido à retração e à fluência, fenômenos que aumentam a dificuldade de representação do comportamento do material. Neste trabalho é apresentada a validação de um modelo viscoelástico para o concreto, que leva em consideração os efeitos gerados por cargas de longa duração. Os efeitos diferidos foram considerados com base no que foi apresentado no CEB-FIB Model Code 90 adaptado à teoria da solidificação. A validação do modelo é feita através de comparações com resultados experimentais. A reprodução dos experimentos é feita através do Método dos Elementos Finitos utilizando-se o software ANSYS, sendo o modelo representativo do concreto inserido através da rotina USERMAT. Os resultados mostram uma boa capacidade de representação dos resultados experimentais por parte do modelo proposto.


Palavras-chave


concreto, efeitos diferidos, modelo viscoelástico

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2020.073301

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Leandro Candido de Lemos Pinheiro, Mauro de Vasconcellos Real, Fábio Costa Magalhães, Mailson Scherer

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.