Análise biomorfométrica da ostra-do-mangue cultivada no litoral amazônico

Rafael Anaisce das Chagas, Rosana Esther Oliveira da Silva, Taiana Amanda Fonseca dos Passos, Alessandra Silva de Assis, Valdo Sena de Abreu, Wagner César Rosa dos Santos, Mara Rúbia Ferreira Barros, Marko Herrmann

Resumo


A ostreicultura surge no contexto mundial como uma das alternativas mais viáveis ao declínio da pesca e o fornecimento de recurso alimentício fresco. No Brasil, cultiva-se ostras do gênero Crassostrea e, no estado do Pará, cultiva-se a Crassostrea tulipa, conhecida por ostra-do-mangue. O presente estudo tem como objetivo caracterizar a biomorfometria da concha, estimar o Índice de Estabilização da Forma (IEF) da concha e o rendimento da carne comestível de C. tulipa, a partir de 1.028 ostras coletadas na ostreicultura da Associação de Agricultores, Pecuaristas e Aquicultores (ASAPAQ), situada no rio Urindeua, litoral amazônico, estado do Pará, no mês de abril de 2016. Realizou-se relações biomorfométricas entre a morfometria da concha (comprimento, largura e altura) e a biomassa (total e visceral), estimou-se o rendimento percentual da carne comestível e descreveu-se o IEF através de razões entre a morfometria da concha. Crassostrea tulipa apresenta excelentes relações biomorfométricas, gerando equações que satisfazem estimação de medidas morfométricas. Além disso, apresenta mais de 20% de rendimento da carne. A análise de IEF, indica uma tendência a estabilização da forma da concha ao atingir 60mm. Recomenda-se uma análise de IEF em ostras oriundas de ambientes naturais e sob influência da densidade de ostras e/o tipo de estrutura no qual a ostra está sendo cultivada. Este trabalho possibilita a estimação de carne de ostras comercializadas com base na mensuração da medida da altura da concha (mm) através da equação Bv = -4,29 + 1,94A.


Palavras-chave


Mollusca, Bivalvia, Ostreidae, Ostreicultura, IEF

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2019.107401

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Rafael Anaisce das Chagas, Rosana Esther Oliveira da SIlva, Taiana Amanda Fonseca dos Passo, Alessandra Silva de Assis, Valso Sena de Abreu, Wagner César Rosa dos Santos, Mara Rúbia Ferreira Barros, Marko Herrmann

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.