Influência do cozimento de alimentos em fogão solar tipo parabólico nas propriedades físico-químicas e microbiológicas

Suyare Araujo Ramalho, Mary Barreto Doria, Olivio A. Teixeira, Jane J.S. Moreira, Maria Lúcia Nunes, Narendra Narain, Luciana cristina lins de aquino

Resumo


O estudo de tecnologias relacionadas com a energia solar vem aumentando consideravelmente nos últimos anos, devido à preocupação, principalmente ambiental, no uso de energias limpas. Este trabalho teve como objetivo avaliar a influência do cozimento em fogão solar tipo parabólico nas características físico-químicas e microbiológicas de feijão e carnes bovina e de frango. Dentre os parâmetros analisados maiores diferenças foram observadas nos teores de proteínas, a carne bovina, carne de frango e feijão cozidos em fogão solar apresentaram teores de proteínas de 36,01%, 31,20%, 19,97%, respectivamente e os mesmos cozidos em fogão convencional GLP apresentaram teores de 26,55%, 27,82%, 6,59%, respectivamente. Os alimentos cozidos em ambos fogões não apresentaram contaminação por coliformes termotolerantes (<3,0 NMP/mL). O fogão solar tipo parabólico proporcionou a obtenção de alimentos cozidos com maior teor de proteínas, além disto a ausência de coliformes evidenciou as boas práticas de manipulação durante o processo.


Palavras-chave


energia solar; controle de qualidade; fogão

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.