Uso de drones na atualização de área construída de imóveis urbanos

Autores

  • Bruno Henrique Tondato Arantes Instituto Federal Goiano campus Rio Verde
  • Leticia Tondato Arantes Universidade Estadual Paulista - Ilha Solteira
  • Matheus Vinicius Abadia Ventura Instituto Federal Goiano campus Rio Verde
  • Estevam Matheus Costa Instituto Federal Goiano campus Rio Verde
  • Marcio Moacir Bessa Universidade Estadual Paulista - Marilia
  • Leônidas Miclos Baliza Instituto Federal Goiano campus Rio Verde
  • Victor Hugo Moraes Instituto Federal Goiano campus Rio Verde

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2018.105301

Palavras-chave:

Imagem aérea, Resolução espacial, Cadastro urbano

Resumo

Diante da possibilidade da utilização da geotecnologia para a atualização de área construída dos imóveis urbanos, foi analisada a precisão de uma imagem aérea obtida por meio de um Veículo Aéreo não Tripulado (VANT) sem a utilização de pontos de controle, na medição de um imóvel. Para isto, utilizou-se diversas resoluções espaciais, de maneira a comparar, qual seria o erro de cada um deles. Alcançaram-se bons resultados com o pixel de 2, 5 e 10 cm, mas, um resultado inferior na resolução espacial de 20 cm, já que a última pode gerar algumas confusões.

Downloads

Publicado

2018-11-20