Produção de propágulos micorrízicos em sorgo e/ou em braquiária

Lázara Jossikarla de Oliveira Lopes, Gabrieli Menezes dos Santos, Jessica Silva Santos, Jacilene Francisca Souza Santos, Johny de Jesus Mendonça, Jailson Lara Fagundes, Regina Helena Marino

Resumo


Os fungos micorrízicos arbusculares (FMA) são micro-organismos endofíticos capazes de promover o crescimento de plantas de interesse econômico a depender da interação microbiana com a planta, mas poucos são os trabalhos relacionados com a produção de inoculantes. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de propágulos micorrízicos em cultivo sucessivo e/ou rotacionado em sorgo e em braquiária, sem o uso de estimuladores químicos. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente ao acaso em parcelas subdivididas, cujas parcelas foram os tratamentos (três isolados de FMAs: UFLA351 - Rhizoglomus clarum, UFLA372 - Claroideoglomus etunicatum e UFLA401 - Acaulospora morrowiae) e as subparcelas os cultivos sucessivos em sorgo/braquiária e rotacional em braquiária, com quatro repetições. O cultivo sucessivo em sorgo ou em braquiária estimula a produção de esporos micorrízicos de R. clarum, C. etunicatum e A. morrowiae. A rotação de cultura sorgo-braquiária não garante incremento na esporulação, a depender do isolado micorrízico. A produção de vesículas e de arbúsculos depende da interação do fungo com a espécie de planta e não apenas da estação do ano. As vesículas podem aumentar a produção de esporos micorrízicos, a depender da interação FMA x planta e da época do ano.


Palavras-chave


Poaceae, simbiose, inóculo micorrízico

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2018.086201

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Lázara Jossikarla de Oliveira Lopes, Gabrieli Menezes dos Santos, Jessica Silva Santos, Jacilene Francisca Souza Santos, Johny de Jesus Mendonça, Jailson Lara Fagundes, Regina Helena Marino

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.