O uso de corantes alimentícios como tema gerador em aulas experimentais de Química

Autores

  • Cassia Rafaela De Almeida Instituto Federal do Paraná - IFPR
  • Gricel De Oliveira Instituto Federal do Paraná - IFPR
  • Franciele Ferreira Da Silva Instituto Federal do Paraná - IFPR
  • Samuel Da Silva Muler Instituto Federal do Paraná - IFPR
  • Keller Paulo Nicolini Instituto Federal do Paraná - IFPR
  • Jaqueline Nicolini Instituto Federal do Paraná - IFPR http://orcid.org/0000-0002-3446-9275

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2018.047201

Palavras-chave:

corantes alimentícios, parâmetros físico químicos, processo ensino-aprendizagem, tema gerador / food dyes, physic-chemical parameters, teaching-learning process, generating theme

Resumo

Este artigo apresenta uma estratégia didático-pedagógica que utiliza as propriedades dos corantes alimentícios como tema gerador em aulas experimentais de Química para a introdução dos conceitos de espectroscopia de UV-Vis e cromatografia, visto que estas técnicas são complementares e apresentam-se hifenadas na cromatografia líquida, por exemplo. A partir de análises espectroscópicas e cromatográficas, foram determinados e comparados os parâmetros físico-químicos energia de transição molar (ET), absortividade molar (ε) e os índices de retenção (Rf) dos corantes amaranto, amarelo de tartrazina e azul de indigotina. Observam-se pequenas alterações dos comprimentos de onda máximos dos corantes testados, com a variação da polaridade dos solventes utilizados, principalmente do corante azul de indigotina, o que reflete em diferentes valores de ET. Com essa proposta de atividade experimental é possível fortalecer o processo de ensino e aprendizagem, de forma significativa, a qual está baseada na observação, na análise dos dados experimentais, seguida de uma conclusão, pautada pela contextualização entre o tema gerador e com o cotidiano dos estudantes.

Biografia do Autor

Cassia Rafaela De Almeida, Instituto Federal do Paraná - IFPR

Graduada em Licenciatura em Química pelo Instituto Federal do Paraná - IFPR.

Gricel De Oliveira, Instituto Federal do Paraná - IFPR

Graduada em Licenciatura em Química pelo Instituto Federal do Paraná - IFPR.

Franciele Ferreira Da Silva, Instituto Federal do Paraná - IFPR

Graduada em Farmácia pelo Instituto Federal do Paraná - IFPR.

Samuel Da Silva Muler, Instituto Federal do Paraná - IFPR

Técnico em Alimentos pelo Instituto Federal do Paraná - IFPR.

Keller Paulo Nicolini, Instituto Federal do Paraná - IFPR

Biológo e Químico, doutor em Química e atualmente professor efetivo do Instituto Federal do Paraná - IFPR.

http://lattes.cnpq.br/4053108924670320

Jaqueline Nicolini, Instituto Federal do Paraná - IFPR

Licenciada em Química (UNICS), mestre em Química (FURB) e Doutora em Química tendo realizado o doutorado sanduíche pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e pela Karlsruher Institüt für Technologie (KIT)/Engler Bunte Institute em Karlsruhe Alemanha em 2010. Atualmente é professora efetiva do Instituto Federal do Paraná -IFPR.

 http://lattes.cnpq.br/5536997745257545

Downloads

Publicado

2018-05-18

Edição

Seção

Artigos