Desenvolvimento de um sistema alternativo de irrigação para pequenos produtores do semiárido

Autores

  • Daniel Carvalho Leite Universidade Federal Rural de Pernambuco/Unidade Acadêmica de Serra Talhada
  • Genival Barros Júnior Universidade Federal Rural de Pernambuco/Unidade Acadêmica de Serra Talhada
  • Rosa Honorato Oliveira Universidade Federal Rural de Pernambuco/Unidade Acadêmica de Serra Talhada

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2018.070202

Palavras-chave:

alface, irrigação, alternativa.

Resumo

O processo de produção de mudas de alface no semiárido exige dos produtores o uso de sistemas de irrigação que, por muitas vezes, torna-se inviável devido às condições socioeconômicas do produtor e de escassez de água, demandando a busca por tecnologias que superem tais condições. Neste trabalho objetivou-se avaliar um sistema alternativo de irrigação para produção mudas de alface (Lactuca sativa L.) no semiárido brasileiro, testando-se um sistema de sub irrigação com cinco espessuras de um condutor hidráulico, em ambiente protegido, no período de março a maio de 2011, onde foram utilizados seis tratamentos, sendo uma testemunha irrigada por aspersão e cinco outros irrigados por sub irrigação com diferentes espessuras de um condutor hidráulico (areia lavada com 2,5 cm ; 5,0 cm; 7,5 cm; 10,0 cm e 12,5 cm de altura), em delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições. Cada repetição foi constituída por 32 recipientes plásticos de 150 ml, onde foram semeadas e conduzidas as mudas de alface. Avaliou-se os parâmetros altura média de plântulas, número médio de folhas por planta, massa fresca e massa seca da parte aérea e de raiz, volume de água consumido pelas plantas e eficiência no uso da água. O sistema alternativo, conduzido com sub irrigação, se mostrou eficiente na utilização da água em comparação ao irrigado por aspersão. O condutor hidráulico de 12,5 cm de espessura proporcionou as melhores respostas para altura de plântulas, massa fresca e massa seca da parte aérea, volume de água consumido pelas plantas e eficiência no uso da água.

Biografia do Autor

Daniel Carvalho Leite, Universidade Federal Rural de Pernambuco/Unidade Acadêmica de Serra Talhada

Engenheiro Agrônomo com mestrado em Extensão Rural e Desenvolvimento Local

Genival Barros Júnior, Universidade Federal Rural de Pernambuco/Unidade Acadêmica de Serra Talhada

Professor do Curso de Agronomia

Rosa Honorato Oliveira, Universidade Federal Rural de Pernambuco/Unidade Acadêmica de Serra Talhada

Professora do Curso de Agronomia

Downloads

Publicado

2018-08-15

Edição

Seção

Artigos