Análise de paclobrutrazol em solos de áreas cultivadas com diferentes variedades de mangueira no Vale do São Francisco empregando QuEcHers e CLAE

Autores

  • Paula Tereza de Souza e Silva Embrapa Semiárido
  • Layanny Samara da Silva Souza IF Sertão
  • Carolina Rodrigues Neta IF Sertão
  • Maria Aparecida Mouco EMBRAPA
  • Welson Simoes EMBRAPA
  • Andrea Ferraz UNIVASF

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2017.097201

Palavras-chave:

método de validação, regulador de crescimento, soil, QuEchErs, CLAE

Resumo

O paclobutrazol (PBZ) é um composto do grupo dos triazois, muito usado na agricultura como regulador de crescimento. É aplicado geralmente no solo, onde pode permanecer ativo por alguns anos. No Vale do submédio do São Francisco, esse composto vem sendo aplicado para garantir a produção de manga durante todo o ano. O objetivo desse estudo foi validar um método para quantificar o paclobutrazol no solo, avaliando áreas cultivadas com  mangueira no Vale do São Francisco. A importância desse estudo é devido a frequencia do uso do PBZ aplicado no solo, que poderá acarretar risco de contaminação ambiental e também da possibilidade da redução da dosagem aplicada, para melhorar a eficiência da produção da mangueira. Para isso, foram coletadas amostras de solo em fazendas localizadas no município de Petrolina-PE e Juazeiro-BA. O PBZ foi extraído por QuEchers e analisado por cromatografia liquida de alta eficiência (CLAE). Resíduos do PBZ foram encontrados em amostras de solo sob diferentes variedades de mangueira (0,18-6,86 mg kg-1).  Os resultados encontrados demonstraram que a extração por QuEchErs e a determinação por CLAE foi eficiente para determinação do PBZ no solo.

Biografia do Autor

Paula Tereza de Souza e Silva, Embrapa Semiárido

http://lattes.cnpq.br/0922965359532424

Downloads

Publicado

2017-11-06