Isolamento e seleção de micro-organismos produtores de enzimas de interesse comercial

Autores

  • Bruna Catarina Ribeiro
  • Ian Mateus Gois
  • Diego Fonseca Bispo
  • J J Marques
  • Cristina Ferraz Silva Universidade Federal de Sergipe Centro de Ciências Exatas e Tecnologia Departamento de Engenharia Química Laboratório de Bioquímica Industrial

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2018.024201

Palavras-chave:

enzimas, micro-organismo, isolamento

Resumo

Enzimas são proteínas amplamente utilizadas no âmbito industrial devido a sua alta especificidade de substrato e capacidade catalítica, sendo obtidas preferencialmente a partir de micro-organismos. Para suprimento dessa demanda, há uma crescente busca por novas linhagens de fungos e bactérias produtores potenciais dessas enzimas, levando ao isolamento a partir dos mais diferentes biomas. O manguezal possui uma grande biodiversidade associada às suas áreas. Por conta disso, foi utilizado para o presente trabalho o isolamento de micro-organismos a partir de um manguezal sergipano, avaliando posteriormente a capacidade dos isolados em produzir enzimas como amilases, proteases, celulases e lipases, que têm destaque nos setores farmacêuticos, de alimentos, têxtil e de bebidas. A produção dessas enzimas foi determinada através de seus índices enzimáticos usando a razão entre o diâmetro da degradação do indutor no meio e o diâmetro de crescimento microbiano. Nesse estudo, foi utilizado o método da difusão radial em meio sólido, onde foi observado que 65,5% das bactérias e 50% dos fungos isolados foram capazes de produzir enzimas amilolíticas, sendo 30% das bactérias consideradas boas produtoras com valores de índice enzimático ≥ 2,0. Com relação à produção de protease, 76,9 % das bactérias e 50% dos fungos isolados degradaram o meio proteico. No entanto, apenas 10% dos fungos e 69,2% das bactérias isoladas foram consideradas boas produtoras de protease. Os isolados obtidos não apresentaram atividades enzimáticas para celulase e lipase.

Biografia do Autor

Cristina Ferraz Silva, Universidade Federal de Sergipe Centro de Ciências Exatas e Tecnologia Departamento de Engenharia Química Laboratório de Bioquímica Industrial

Departamento de Engenharia Química
Laboratório de Bioquímica Industrial

Downloads

Publicado

2018-03-19