Avaliação da atividade genotóxica, citotóxica e antimicrobiana da infusão das folhas de Spondias purpurea L.

Autores

  • Roberta Santos Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB campus Vitória da Conquista - Bahia
  • Regineide Santos Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB campus Vitória da Conquista - Bahia
  • Gabriele Marisco Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB campus Vitória da Conquista - Bahia

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2017.039901

Palavras-chave:

Genotoxicidade, Antimicrobiana, Seriguela

Resumo

O uso de plantas medicinais cada vez mais é mostrado como uma fonte alternativa para tratamento de doenças. Este trabalho visou determinar o nível genotóxico e citotóxico da infusão das folhas de Spondias purpurea L., investigar o potencial antimicrobiano e conhecer o perfil cromatográfico de compostos presentes na infusão. Foram realizados os testes Allium cepa e Artemia salina para avaliar a genotoxicidade e citotoxicidade, respectivamente. Os métodos de difusão em disco e concentração inibitória mínima (CIM) foram usados para determinar a atividade antibacteriana nas bactérias Staphylococcus epidermidis, S. aureus, Escherichia coli, Salmonella enterica sorotipo Choleraesuis, Pseudomonas aeruginosa e Klebsiella pneumoniae. No teste de A. cepa, a análise estatística não indicou diferenças significativas do índice mitótico entre os tratamentos e o controle. O teste de A. salina mostrou que a infusão apresentou toxicidade frente aos náuplios a partir da dose 10µg/mL. Em relação à atividade antibacteriana, houve presença de halos de inibição contra as bactérias S. aureus e E. coli, e quando submetidos ao CIM, a infusão apresentou atividade antibacteriana contra todas as bactérias testadas. Sendo assim, a partir desse estudo pode-se inferir que a infusão (chá) das folhas da planta S. purpurea se mostrou como uma fonte medicinal não genotóxica para o teste A. cepa, bem como uma possível fonte antitumoral indicada pelo teste A. salina, além de uma promissora fonte antibacteriana.

Biografia do Autor

Roberta Santos, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB campus Vitória da Conquista - Bahia

Graduada em Ciências Biológicas

Regineide Santos, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB campus Vitória da Conquista - Bahia

Departamento de Ciências Naturais

Área de Biologia geral

Gabriele Marisco, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB campus Vitória da Conquista - Bahia

Departamento de Ciências Naturais

Área de Biologia geral

Downloads

Publicado

2017-06-09