“Grandes Famílias” e estruturação do espaço do poder em Sergipe: Grupos Familiares e Dinâmicas do Poder

H. W. Leandro, D. W. S. dos Santos

Resumo


O presente trabalho propõe uma investigação detalhada das condições sociais, históricas e culturais de formação, manutenção e reprodução de alguns grupos familiares dominantes que compõem a elite política Sergipana. Especificamente, trata-se da análise das atividades de quatro “grandes famílias”, a saber, os Franco, os Garcez, os Maynard e os Rollemberg, nas diversas esferas sociais em que tais grupos ocupam posições de destaque, como na política, no alto empresariado, carreiras de magistratura e alta administração pública. Para o propósito da pesquisa, o uso de biografias e Memórias tornou-se um instrumento valioso, relatando as trajetórias e feitos dos membros mais ilustres dessas famílias, e possivelmente indicando as estratégias e recursos sociais mais acionados pelos grupos para êxito social e político.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.