A influência do Programa Bolsa Família nas práticas alimentares das famílias do Território do Marajó, Pará, Brasil

Elcio Costa do Nascimento, Benedito Ely Valente da Cruz, Miqueias Freitas Calvi, João Paulo Leão de Carvalho, Cristiano Cardoso dos Reis, Dérick Lima Gomes

Resumo


Este trabalho demonstra a influência do Programa Bolsa Família nos hábitos alimentares das famílias do território do Marajó, PA. Programas de transferência de renda têm se constituído como ferramenta efetiva no acesso à educação, à saúde e na garantia da segurança alimentar em países Latino-Americanos e do Caribe. Utilizando abordagem qualitativa e os procedimentos da entrevista semiestruturada, buscou-se informações que permitissem analisar a influência do Programa Bolsa Família nas práticas e nos hábitos alimentares das famílias marajoaras. Observou-se que o benefício tem impacto positivo no acesso a uma melhor alimentação, com maior variedade, tanto em quantidade quanto em qualidade e na elevação do padrão de vida dos entrevistados. Porém, o benefício teve pouca relevância no consumo de verduras e hortaliças, indicando a necessidade de atividades educativas juntos aos beneficiários, sobre a importância de dietas mais variadas e ricas em nutrientes provenientes de produtos naturais como frutas, verduras e vegetais, tornando as famílias agentes diretos nas ações de combate à insegurança alimentar no Território do Marajó.

Palavras-chave


Hábitos alimentares, Programas Sociais, Consumo alimentar

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2016.069931

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Elcio Costa do Nascimento, Benedito Ely Valente da Cruz, Miqueias Freitas Calvi, João Paulo Leão de Carvalho, Cristiano Cardoso dos Reis, Dérick Lima Gomes

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.